Bienvenue, visiteur ! [ S'enregistrer | ConnexionFlux RSS  | 

 

Paysagiste

GLAZIOU

Informations :

  • Prénom: Auguste François Marie
  • Activité: Paysagiste

Envoyer cette fiche par Email

favoriteLoadingAjouter à ma sélection
Fiche créée ou mise à jour par : le 22 mai 2014

Description:

Lannion – Bretanha no dia 30 de agosto de 1833 – 1906, na cidade de Bordeaux.

Após formar-se em engenharia civil, Glaziou estudou botânica no Museu de História Natural de Paris, onde aprofundou os seus conhecimentos em agricultura e horticultura.
Neste período em Paris, realizavam-se as reformas de Haussmann, cujo paisagismo era coordenado por Jean Charles-Adolphe Alphand, que inspirará Glaziou nos seus futuros trabalhos.
Em 1858, a convite do Imperador D. Pedro II, Glaziou vem para o Rio de Janeiro para coordenar a Diretoria de Parques e Jardins da Casa Imperial, sendo que somente em 1869, pelo decreto de 26 de janeiro, que se oficializa esta nomeação.
A importância de Glaziou para o Brasil foi ter introduzido entre nós uma reflexão original sobre o paisagismo urbano, no mesmo momento em que se criavam praças e jardins públicos.

Devemos a ele a descoberta de diversas espécies que receberam o seu nome, como as do gênero de bignoniáceas – Glaziovia e a maniçoba – Manihot glaziovii; e a adoção de plantas brasileiras em praças e ruas, destacando-se o oitizeiro, que hoje é um elemento marcante nas ruas da cidade.
Glaziou permaneceu no Brasil até 1897, quando pelo decreto nº 402 de 07 de maio foi aposentado do cargo de Diretor de Parques e Jardins.
Retornou a França, onde morreu em 1906, na cidade de Bordeaux.
Segundo Carlos Gonçalves Terra, O Jardim no Brasil do Século XIX: Glaziou Revisitado, UFRJ/EBA, 1993 – a obra de Glaziou pode ser agrupada em três grupos, de acordo com a documentação sobre seu trabalho.

  • O primeiro grupo foi definido a partir da opinião, não documentada, de alguns historiadores e da imprensa, inclui: Praça Tiradentes, Largo de São Francisco, Jardins do Palácio do Catete, Jardim da Casa da Marquesa de Santos – no Rio de Janeiro, e, Jardim da Aclimação em São Paulo e o Parque do Museu Mariano Procópio em Juiz de Fora.
  • O segundo grupo, constituído a partir de projetos por ele assinados ou documentos que mencionam a sua autoria inclui: o jardim do Palácio Imperial de Petrópolis, o Parque São Clemente em Nova Friburgo, a Praça D. Pedro II (atual Praça XV de novembro) no Rio de Janeiro.
  • O terceiro grupo, mais significativo, são comprovadamente obras de Glaziou, com farta documentação e projetos de execução dos mesmos.

 

No Rio de Janeiro, ainda mantendo algumas características originais existem : a reforma do Passeio Público, o jardim da Quinta da Boa Vista e o Campo de Santana, todos analisados individualmente nesta homepage.

 

Source : Copyright © 2003 Fundação Parques e Jardins – Praça da República s/nº – Campo de Santana
Centro – Rio de Janeiro – RJ
Cep.: 20211-360 – Tel: 2323-3500

Lien web Glaziou

Numéro d'identification de la fiche : N/A

 

986 vues au total, 0 vues aujourd'hui

  

Ces fiches peuvent aussi vous intéresser :


Autres fiches de la même catégorie :

Retour à la catégorie

no-image
 

Paysagiste

VILLON

Paul Villon est d'origine iséroise : il  est connu au Brésil car il a créé le parc du Trianon à Sao Paulo en 1892. Le parc porta, d’ailleurs un temps, son nom. ...

22 mai 2014

1402 vues au total, 0 vues aujourd'hui

 

Paysagiste

MARGUERITA

Architecte paysagiste à la ville de Bourges. Pendant la Grande Guerre, Paul Marguerita sert au 95e et 295e RI. Après-guerre, il est directeur du service des esp...

22 mai 2014

519 vues au total, 0 vues aujourd'hui

no-image
 

Paysagiste

THAYS

Paris : 20 de agosto de 1849 – Buenos Aires 31 de enero de 1934), Thays fue un arquitecto y paisajista francés nacionalizado argentino, que realizó la mayor par...

22 mai 2014

965 vues au total, 0 vues aujourd'hui

QR CODE